Pokémon: Ash é casado e tem dois filhos nesta arte de fã

Há 23 anos, acompanhamos a jornada interminável de Ash Ketchum como treinador Pokémon. Em todos os animes protagonizados pelo garoto, ele parece ter a mesma idade de sempre. Será se algum dia os fãs poderão testemunhar uma versão adulta e oficial de Ash?

Enquanto isso não acontece no cânone oficial, o usuário NovaNoah criou e publicou no DeviantArt um pôster que imagina como seria a família do protagonista. Na adorável arte ele aparece adulto, com dois filhos. Sua esposa está ao lado é ninguém menos que Serena, personagem que acompanhou Ash em muitas jornadas nos animes. Veja abaixo:

Pokémon: Ash é casado e tem dois filhos nesta arte de fã

Pokémon: Ash é casado e tem dois filhos nesta arte de fã
IGN

Arte: NovaNoah, via DeviantArt

Leia mais: Pokémon GO e McDonald’s lançam parceria com recompensas aos jogadores

O que você achou da arte? Gostaria de ver Ash adulto nos animes de Pokémon? Deixe sua opinião nos comentários abaixo. Para mais sobre a franquia, confira a pelúcia que revela o visual sem “capacete” de Cubone.

Inscreva-se no canal do IGN Brasil no Youtube e visite as nossas páginas no Facebook, Twitter, Instagram e Twitch!

João Lucas supera desconfiança e vai bem em decisão; Landim responde sobre busca por lateral

Lance

Lance
Lance

Nas redes sociais, é comum ver flamenguistas ainda desconfiados quanto a João Lucas, contratado após se destacar pelo Bangu no Carioca de 2019. O lateral-direito assumiu a vaga de Rafinha, preservado por conta de dores na posterior da coxa esquerda, na final da Taça Guanabara. E o jovem foi bem.

Tímido na etapa inicial, João Lucas ganhou confiança com o crescimento do Fla no segundo tempo e apoiou com eficiência, criando boas chances do fundo. Após a vitória por 2 a 1, o defensor de 21 anos sublinhou a sua participação.

– Foi um jogo intenso, pois estávamos empatados, mas conseguimos reverter no final da partida. Fico feliz em ajudar e conquistar esse título foi muito importante para nós. O primeiro do ano, esperamos fazer uma excelente temporada – falou João Lucas.

Ver essa foto no Instagram

Muito feliz com mais esse título磊 #blessed

Uma publicação compartilhada por João Lucas (@jl_carvalho) em

BUSCA POR OUTRO LATERAL

Há cerca de uma semana, o nome de Daniel Muñoz, na mira do Palmeiras, pipocou no noticiário atrelado ao Flamengo. O lateral-direito do Atlético Nacional, da Colômbia, tem sido monitorado pelo Flamengo.

O clube colombiano, contudo, deseja vendê-lo, e não emprestá-lo, com opção de compra, como deseja o Rubro-Negro, que recrutou Pedro Rocha, Pedro e Thiago Maia nestes moldes, em janeiro.

Aliás, depois da decisão da Taça Guanabara, o presidente Rodolfo Landim foi questionado acerca da busca por Muñoz, mas se esquivou. Em contrapartida, afirmou que o clube está sempre atento às possíveis “lacunas” do elenco.

– Mesmo que ela (negociação com Muñoz) estivesse encaminhada, não falaria sobre isso nem sob tortura, não adianta (risos). O que eu posso dizer é o seguinte: o processo de avaliação do nosso plantel de identificação de necessidades específicas e de busca para suprir lacunas, caso tenham, é contínuo, não paramos de olhar para o mercado. É sempre possível.

HORA DE OUTRA FINAL

É possível que João Lucas siga como reserva imediato de Rafinha até o fim do Carioca, ao menos. Mas, para o jogo desta quarta-feira, a finalíssima da Recopa Sul-Americana, Rafinha deve retornar ao posto de titular.

O duelo da volta contra o Independiente Del Valle será às 21h30 desta quarta-feira, no Maracanã. Na ida, em Quito, empate em 2 a 2.

Taekwondo muda sede de pré-olímpico por conta do coronavírus

Lance

Lance
Lance

O surto do coronavírus continua afetando o calendário Olímpico. o Pré-Olímpico asiático de taekwondo que aconteceria em Wuxi, na China agora foi transferido para Amã, na Jordânia, nos dias 10 e 11 de abril. Neste sábado, a World Taekwondo divulgou as sedes dos torneios continentais pré-olímpicos, incluindo a transferência.

O medo do vírus também tirou a China da disputa do Pré-Olímpico feminino de handebol. Além disso, a China também foi impedida de receber o Pré-Olímpico de boxe, em janeiro, e um dos pré-olímpicos de basquete feminino, do início de fevereiro .

Embora o Comitê Olímpico Internacional confirme que não mudarão a data nem cancelarão a Olimpíada, o comitê organizador japonês está preocupado. Isso porque duas pessoas morreram em Tóquio pelo coronavírus na última semana e já existem no Japão 80 casos confirmados da doença.

David Luiz vai de herói a vilão em vitória do Arsenal sobre o Everton

Lance

Lance
Lance

Em um jogo emocionante, marcado por gols antes do primeiro minuto de cada tempo, o Arsenal venceu o Everton por 3 a 2, em Londres e ganhou mais uma posição na tabela da Premier League. O destaque do jogo foi o zagueiro David Luiz, que falhou logo no início do jogo, mas depois deu boa assistência para o gol da virada dos Gunners.

Com a vitória, o time londrino chegou aos 37 pontos, ultrapassou o próprio Everton e segue em busca de uma vaga nos torneios europeus. Atualmente a equipe está à quatro pontos do Manchester United, que ocupa a zona de classificação para a Liga Europa, e a sete do Chelsea, primeiro time na zona da Champions League.

Confira a tabela da Premier League

O jogo começou a todo vapor no Emirates Stadium. Com apenas 50 segundos de bola rolando, David Luiz falhou, cabeceando uma bola para trás e o atacante Calvert-Lewin deu uma meia bicicleta, no melhor estilo Ibrahimovic, para abrir o placar.

Atrás no marcador, o Arsenal foi pra cima e criou boas chances, mas só empatou aos 26. Saka escapou pela esquerda e cruzou para Nketiah, que escorou de primeira para igualar o marcador. A virada veio logo depois, com Aubameyang, que aproveitou assistência linda de David Luiz e colocou os Gunners em vantagem.

Antes do intervalo, o Everton foi valente e conseguiu o empate com Richarlison, que deu leve toque na bola após desvio de cabeça do zagueiro colombiano Mina. No segundo tempo, outro gol relâmpago. Com somente 23 segundos, Aubameyang aproveitou cruzamento e, de cabeça, fez o terceiro do Arsenal. O Everton ainda correu atrás, criou boas chances, mas não conseguiu o empate.

Após o triunfo, o Arsenal volta as atenções para a Liga Europa. A equipe recebe o Olympiacos, da Grécia, na quinta-feira, na partida de volta da segunda fase, precisando apenas de um empate. Na ida, vitória inglesa por 1 a 0. Já o Everton, enfrenta o Manchester United, no próximo domingo, pela Premier League.

Brasileiros se enfrentam na Bundesliga de tênis de mesa, mas ambos perdem na rodada seguinte

Lance

Lance
Lance

Hugo Calderano, do TTF Liebherr Ochsenhausen, e Gustavo Tsuboi do TTC Neu-Ulm ficaram frente a frente em uma rodada da Bundesliga de tênis de mesa. E quem ganhou essa foi Calderano e sua equipe, por 3 a 1.

Porém ambos foram derrotados na sequência. O primeiro confronto deste domingo foi entre Tsuboi e Jakub Dyjas, e o brasileiro acabou perdendo novamente de 3 a 1. E não foi diferente para o número seis do ranking mundial, Hugo Calderano, que sofreu com a vitória do adversário Abdel-Kader Salifou por 3 a 0.

Mas o time de Calderano continua na terceira colocação da Bundesliga, com 15 vitórias em 20 rodadas disputadas. O próximo compromisso dele e da TTF Liebherr Ochsenhausen será uma disputa com segundo colocado Borussia Dusseldorf no dia 8 de março.

Brasil traz medalhas no terceiro dia do Grand Slam de Judô de Dusseldorf

Lance

Lance
Lance

Brasil se reergueu no último dia de Grand Slam de judô de Dusseldorf, na Alemanha, após trazer duas medalhas. Os atletas que subiram ao pódio foram Mayra Aguiar, com a prata e Rafael Silva, com o bronze.

Mayra Aguiar foi a primeira judoca brasileira que avançou às quartas de final nesse Grand Slam. E nessa fase ela ganhou da austríaca Bernardette Graf por conta de três penalidades da adversária. Já na semifinal ela enfrentou a cubana Kaliema Antomarch, luta que foi difícil de ser decidida e que a brasileira ganhou de waza-ari.

Na última luta Mayra começou tentando derrubar a japonesa Shori Hamada com um golpe que acabou dando errado, levando a sula para o solo, onde a brasileira foi imobilizada e acabou perdendo por ippon. Encerrando a disputa com a prata.

Já Rafael Silva, o Baby, também foi direto para a segunda rodada, vencendo com facilidade o alemão Erik Abramov, com um wazi-ari e um ippon. Na sequência ele venceu o venezuelano Pedro Pineda e o búlgaro Aliaksandr Vakhaviak com facilidade na terceira e quarta rodadas.

Mas na semifinal Baby perdeu a vaga por penalidades para o georgiano Guram Tushishvili e foi concorrer o bronze húngaro Richard Sipocz, que levou três shidos e deu a vitória para o brasileiro.

O último dia de Gram Slam na Alemanha foi o único com saldo positivo para o Brasil. O torneio é um dos mais tradicionais do Circuito Mundial de Judô, distribuindo até mil pontos para o campeão no Ranking.

Sem lesão, Deontay Wilder toma pontos na orelha e tem 30 dias para pedir revanche

Os rumores de que o norte-americano Deontay Wilder teria sido levado a um hospital de Las Vegas, após a derrota para o britânico Tyson Fury, na noite de sábado, em Las Vegas, nos Estados Unidos, não se confirmaram. Shelly Finkel, co-manager do ex-campeão, informou que o lutador teve de receber apenas alguns pontos na orelha direita, machucada no segundo round do combate, e não confirmou que ele tivesse sofrido alguma lesão no tímpano.

Ao mesmo tempo, Finkel admitiu que exigiu o cumprimento da cláusula contratual que prevê uma revanche imediata. O norte-americano tem 30 dias para pedir uma terceira luta contra Fury. Na primeira, em 1.º de dezembro de 2018, houve empate.

Outra possibilidade é Wilder esperar o vencedor de uma possível luta entre os britânicos Fury e Anthony Joshua, campeão pela AMB, FIB e OMB, pela unificação dos principais cinturões do boxe.

Um vídeo mostrou que Wilder não estava em boas condições para retornar ao combate no sétimo assalto, o que justifica o fato de Mark Breland, auxiliar técnico, ter jogado a toalha a 1min39s do final do assalto, quando o norte-americano sofria castigo de Fury.

Mayra conquista prata e Rafael Silva é bronze no Grand Slam de Düsseldorf

Após dois dias de resultados ruins, o judô brasileiro foi duas vezes ao pódio no encerramento do Grand Slam de Düsseldorf, na Alemanha. Neste domingo, Mayra Aguiar faturou a prata e Rafael Silva, o “Baby” (+100kg), ficou com o bronze. Beatriz Souza (+78kg) e Rafael Buzacarini (100kg) perderam suas lutas pela medalha de bronze.

Campeã em Düsseldorf em 2019, Mayra fez a sua estreia no ano olímpico no evento alemão. Em sua campanha, a brasileira venceu por ippon a equatoriana Vanessa Chala, assim como a russa Alexandra Babintseva. Nas quartas de final, passou pela austríaca Bernadette Graff nas punições.

Mayra reencontrou nas semifinais a cubana Kaliema Antomarchi, a quem venceu na final do Pan de Lima, no ano passado, e voltou a derrotá-la, agora no golden score e com um waza-ari. Na decisão, porém, foi imobilizada pela japonesa Shori Hamada, ficando com a medalha de prata.

Sem subir ao pódio no circuito após sofrer fratura na mão em junho de 2019, Baby encerrou o jejum em Düsseldorf. Ele venceu o alemão Erik Abramov, o venezuelano Pedro Pineda, e o bielo-russo Aliaksandr Vakhaviak, o algoz do brasileiro David Moura na primeira rodada.

Porém, nas semifinais, caiu para o georgiano Guram Tushishivili, campeão mundial em 2018. Depois, se recuperou na luta pela medalha de bronze ao derrotar o húngaro Richard Sipocz pelas punições.

Buzacarini (100kg) venceu Daniel Dichev, da Bulgária, Danilo Pantic, de Montenegro, Karl-Richard Frey, da Alemanha, e Giorgi Chikovani, da Geórgia. Mas perdeu nas semifinais para o usbeque Mukhammadkharim Khurramov e na luta pelo bronze para o húngaro Miklos Cirjenics.

Beatriz (+78kg) derrotou Paula Kulag, da Polônia, e Nina Cutro-Kelly, dos Estados Unidos, ambas por ippon, e perdeu nas quartas de final para a azeri Irina Kindzerska. Na repescagem, venceu Nihel Chekh Rourhou, da Tunísia. Só que perdeu para a cubana Idalys Ortiz, a número 1 do mundo, na luta pelo bronze.

Outros quatro brasileiros – David Moura (+100kg), Maria Suelen Altheman (+78kg), Rafael Macedo (90kg) e Leonardo Gonçalves (100kg) – competiram neste domingo em Düsseldorf e foram eliminados nas etapas preliminares.

Os judocas brasileiros voltarão a competir daqui a duas semanas, no Grand Prix de Rabat, no Marrocos, de 6 a 8 de março, e no Aberto Pan-Americano de Bariloche, na Argentina, nos dias 7 e 8.

Diretor do Grêmio minimiza perda do Estadual e defende trabalho de Renato Gaúcho

A perda do título do primeiro turno para o Caxias ainda rende assunto no Rio Grande do Sul. Nas redes sociais, os tricolores mostraram muita irritação com o resultado, mas a diretoria Gremistas, mesmo demonstrando frustração, adotou um tom mais ameno para falar sobre o assunto.

O Vice de futebol Paulo Luz foi um dos componentes da cúpula que falou após o jogo: “Vamos dar continuidade dentro de um espírito de responsabilidade. Obviamente com muita tranquilidade e serenidade. Não há necessidade de cobranças extraordinárias”.

Thiago Neves, Maicon e Cortez foram os jogadores mais criticados. Até Renato Gaúcho, maior ídolo da história do Grêmio, sofreu cobranças. Porém, o dirigente procurou minimizar as críticas e disse que é preciso dar tempo para a equipe evoluir: “estamos com menos de 40 dias. A pré-temporada precisa ter muitos cuidados. Se há algo que a vida ensina é que você aprende mais nas derrotas do que nas vitórias”.

Luz também procurou defender o técnico do Imortal: “Renato tem história. É um treinador vitorioso, que mudou o patamar do Grêmio. Certamente vai fazer as mudanças e acertar o rumo, tomar as providências necessárias para nos fortalecer ainda mais. Nosso time está sofrendo alterações. Fizemos sete contratações pontuais. Esses atletas estão se adaptando”, concluiu o dirigente.

O Grêmio tem a semana livre de trabalho para se preparar para o confronto contra Juventude, dia 29 de fevereiro, pelo segundo turno do Campeonato Gaúcho. A estreia do Imortal pela Libertadores acontece dia 03 de março, contra o América de Cali, na Colômbia.